O segundo turno da eleição que irá definir o novo presidente do PT-Natal, previsto para o próximo domingo (30), irá marcar a união das duas maiores correntes petistas do Rio Grande do Norte. A Avante, liderada pela senadora Fátima Bezerra, declarou apoio à candidatura de Raoni Fernandes, representante da CNB (Construindo um Novo Brasil), liderada pelo deputado estadual Fernando Mineiro.

A Coordenação Estadual da Avante divulgou nota oficial, no sábado (22), confirmando o apoio a Raoni. No texto, os coordenadores ressaltam que a decisão se pautou na “responsabilidade de atuarmos para consolidar direções partidárias com experiência e organicidade à altura dos desafios impostos pela conjuntura”.

“Acreditamos que a CNB reúne as condições locais para dirigir o Partido dos Trabalhadores no município de Natal e contribuir para com a condução do nosso partido a nível estadual e nos mais diversos municípios do RN, postura que também esperamos encontrar nas demais correntes partidárias”, diz outro trecho da nota.

Raoni divulgou um agradecimento pelo apoio, em nome da chapa “Unidade na Luta”, vencedora do primeiro turno em Natal. Ele reconheceu o debate de “alto nível” feito pelo candidato da Avante, Olavo Ataíde, que se pautou na “proposição sobre os rumos do PT”.

“Estou convicto de que a motivação central da decisão é o mesmo sentimento que orienta nosso projeto: a busca da unidade partidária, visando a construção de um partido mais forte, organizado e preparado para enfrentar os desafios que estão postos, além daqueles que, certamente, ainda virão”, declarou Raoni.

O outro postulante à Presidência do PT-Natal é Carlos Silvestre, apoiado pelas correntes Brasil Socialista (BS), Democracia Socialista (DS), Esquerda Popular Socialista (EPS) e PT pela Base – esta última liderada pelo vereador Fernando Lucena.

Já a Articulação de Esquerda, liderada pela vereadora Natália Bonavides, que teve como candidato Gilderlei Soares, liberou sua militância para escolher em quem votar no segundo turno do PED.