Em visita ao município de Canguaretama, na tarde desta quarta-feira (30), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) participou da assembleia do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte (Sintraf-RN). Diante do auditório lotado de mulheres, homens e jovens do campo, ele falou sobre a importância de as pessoas entenderem que as dificuldades enfrentadas pelo povo têm a ver “com o que acontece na política local e nacional”.

“Às vezes, as pessoas não lembram disso quando falta médico no posto de saúde, quando faltam vagas nas escolas ou quando o preço do gás de cozinha aumenta. Tudo que acontece na vida das pessoas tem ligação com a política”, ressaltou.

Mineiro fez o alerta ao falar sobre como a vida das pessoas piorou com o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB). Ele comparou a situação atual com a época dos governos Lula e Dilma, quando “as coisas tinham mudado para melhor” no Brasil.

“Eles enganaram as pessoas dizendo que, se tirasse a Dilma, a vida delas iria melhorar, mas estamos vendo no que deu: a gasolina aumentou, o emprego acabou e não tem mais vagas nas escolas. Precisamos fazer alguma coisa para entender o que está acontecendo, porque, se não fizermos isso, tudo vai piorar ainda mais”, advertiu.

Para Mineiro, as eleições serão a oportunidade de o povo dar uma resposta aos políticos tradicionais do RN e do Brasil. Ele reafirmou que o ex-presidente Lula, preso injustamente na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), será o candidato do PT.

“Por onde tenho andado, quando perguntamos em quem o povo quer votar para presidente a resposta é uma só: Lula. Por isso eles prenderam Lula, para tirar do caminho quem está ao lado dos pobres. No governo dele, o povo teve o respeito de ser tratado como gente”, destacou.

O pré-candidato a deputado estadual e vereador em São Paulo do Potengi, João Cabral (PT), disse que “o momento que estamos vivendo no país tem a ver com o desejo dos ricos, da mídia e do judiciário de impedir que Lula seja novamente presidente do Brasil”.

“Lula foi condenado porque ia ser eleito presidente da República. A elite não suporta que isso aconteça. Lula fez o que nenhum outro presidente fez: ele melhorou a vida dos pobres”, enfatizou.

A coordenadora de Mulheres do Sintraf, Maria Avanael, além de defender a candidatura de Lula, falou sobre a importância de os/as trabalhadores/as rurais elegerem senadores/as e deputados/as federais comprometidos/as com a agricultura familiar e com o projeto nacional liderado pelo PT.

Fotos: Vlademir Alexandre.