A abertura da exposição “Luz para todos” de Antônio Hare (in memoriam) será nesta terça-feira (12), às 18h, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa do RN. Apesar do seu recente falecimento em setembro deste ano, a família decidiu manter o vernissage na data em que ele completaria 52 anos, com a ajuda de um grupo de artistas amigos e colaboradores. O trabalho é uma homenagem a Lula, líder político que trouxe luz para várias comunidades nordestinas.

O conjunto da obra e cada uma das peças que a compõem, como o próprio artista dizia, “precisa ser observada como possibilidade de transformação” de uma sociedade turbulenta de insuportável consumismo e composta pela necessidade de descartar coisas e pessoas. Assim era o artista indignado com a conjuntura do país, garimpando lixo e o transformando incansavelmente.

Ao compor sua arte denunciando em maior ou menor proporção esta relação histórica com a sociedade, sempre utilizou peças que encontrava nos livros das ruas ou que lhes eram doadas como descartes, que sob suas mãos se transformavam em arte. Hare costumava afirmar e reafirmar que “a arte precisa ser bela e duradoura”.

Suas obras procuram desvelar, desde a sua infância na Guarita até os dias atuais no Alecrim, a crença que sempre manteve durante toda a sua vida: a possibilidade de transformação das coisas, das pessoas, da realidade do seu entorno, numa sociedade mais bonita, portanto mais ética, uma sociedade estética.

A Luz do Lixo e a Sustentarte, suas exposições individuais anteriores, continham peças de lixo que sob suas mãos se transformavam em arte, perene como toda obra artística. Assim também é seu novo trabalho “Luz para todos”. A exposição ficará aberta ao público até o fim desta semana. Nos dias 13 e 14 de dezembro das 8h às 15h e no dia 15 das 8h às 13h.

Fotos: Alisson Almeida.