Receber os presidentes Lula e Dilma no RN será um momento de reafirmar o compromisso com as lutas sociais e “pegar um pouco da energia dessas grandes figuras da história do país”. A afirmação é do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que, na sessão desta quinta-feira (24), registrou a presença dos petistas no estado nestes dias.

Dilma Rousseff estará em Natal na noite de hoje, no projeto Na Trilha da Democracia, do Adurn-Sindicato. O evento acontece no hotel Holiday Inn (próximo à Arena das Dunas), a partir das 19h. Já o ex-presidente visita o estado no domingo (27) e segunda-feira (28), passando por Currais Novos e Mossoró por ocasião da Caravana pelo Brasil.

Sobre a vinda de Lula, Mineiro ressaltou que essa geração dificilmente verá uma liderança de massas como o ex-presidente. “Há que se reconhecer, goste ou não, que é a maior figura política do Brasil”, afirmou. “Que político brasileiro desperta tanto amor e esperança como Lula?”, perguntou.

A respeito da vinda de Dilma, Mineiro afirmou que trata-se de uma importante iniciativa do Adurn-Sindicato, que tem trazido grandes nomes nacionais para refletir a conjuntura atual do país. “Continuo chamando a Dilma de presidenta sim, porque ela é que foi democraticamente eleita”.

Caravana pelo Brasil

Mineiro lembrou que Lula tem visitado estados brasileiros para constatar o que está acontecendo no país e tem sido impactado pelo desmonte de uma série de políticas que ele iniciou no país. “Mas também tem trocado muita energia com o povo”, disse.

Para Mineiro, é um privilégio viver em tempos de conhecer um político da estatura de Luiz Inácio Lula da Silva, que sobreviveu e fez com que muita gente também sobrevivesse.

Sobre os fatos atuais, Mineiro destacou a divulgação da carta de privatizações do Brasil. “O país está em liquidação, o que vemos é a entrega geral do patrimônio e dos ativos”, lamentou. “Mas os golpistas vieram para isso: privatizar, acabar com direitos e com os avanços nas áreas sociais”.

Foto: Ricardo Stuckert