O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) denunciou, na sessão plenária desta quarta-feira (28), o abandono do Governo do Estado à única instituição estadual de ensino superior do RN – Uern (Universidade Estadual do RN). O parlamentar sugeriu que a Assembleia faça uma intermediação para buscar soluções para a situação da universidade que está em greve há mais de 100 dias.

“É grave a situação da Uern e o Governo vem tratando com descaso essa situação. A universidade está parada e não foi apresentada ainda uma solução”, criticou o deputado. “A Assembleia deveria se colocar como intermediária para buscar uma solução para essa crise que o próprio Governo colocou a Uern”, destacou.

Mineiro sugeriu que fosse realizada uma audiência pública para debater a situação da Uern e para que sejam tomadas medidas pelo Executivo. “Estou sugerindo uma audiência para que seja encontrada uma solução e não para repetir o que a gente já sabe”, disse. “A comunidade da Uern precisa ter uma resposta dessa Casa”, reforçou Mineiro.

CALENDÁRIO DO GOVERNO
Mineiro cobrou, também, que o Governo apresente o calendário de pagamento do 13º, do mês de janeiro e dos fornecedores do estado. “Estamos encerrando o segundo mês do ano e o Executivo está totalmente paralisado, parece que o ano ainda nem começou”, criticou.

O deputado citou ainda o “vexame nacional” do governador ao vetar o projeto do abono que ele mesmo enviou para a Casa. “Ele criou um constrangimento para a própria bancada que dá sustentação ao seu governo. O projeto não tinha aplicabilidade”, disse o petista. “Votamos projetos que o governador dizia que resolveria problemas do estado, mas o que estamos assistindo é uma outra situação”.

Fotos: João Gilberto/ALRN