A trajetória política do deputado estadual Fernando Mineiro (PT) tem sido pautada desde o início, entre outras bandeiras, pela defesa dos/as servidores/as públicos/as do Rio Grande do Norte. Essa afirmação é atestada por representantes da própria categoria, que o definem como verdadeiro aliado no parlamento e nas ruas das lutas históricas por mais direitos, melhores condições de trabalho e valorização salarial.

O professor Miguel Salusto, diretor de Comunicação do Sinte-RN (Sindicato dos/as Trabalhadores/as em Educação Pública do Rio Grande do Norte), afirmou que Mineiro “é um parlamentar que tem lado, posição e conta com o reconhecimento de todos/as os/as servidores/as públicos/as e de todos/as que fazem a luta social no RN”.

Ele destacou que, ao longo da sua história, “Mineiro sempre teve uma postura em defesa dos interesses dos/as trabalhadores/as”. Deu como exemplo a atuação dele na Assembleia Legislativa, no início do ano, no enfrentamento contra o pacote fiscal do Governo do Estado.

“O papel que Mineiro desempenhou naquele momento foi fundamental, porque ele conseguiu barrar a tramitação em regime de urgência dos projetos, o que permitiu que os/as servidores se organizassem para fortalecer a resistência e, assim, conseguimos derrotar o pacote de maldades que retirava direitos dos/as trabalhadores/as e colocava à venda o patrimônio do povo do Rio Grande do Norte”, ressaltou.

Mineiro se disse “honrado” com o reconhecimento da categoria. Ele enfatizou que, enquanto parlamentar oriundo da classe trabalhadora, defender os direitos do funcionalismo público nada mais é que sua “obrigação”.

“O nosso mandato sempre esteve a serviço da luta da classe trabalhadora, não só no parlamento, mas também nas ruas, nas ocupações e nas greves para reivindicar os direitos que, muitas vezes, são negados. Essa vai continuar sendo a nossa postura, porque fazer política é escolher um lado. O meu nunca mudou: é o dos/as trabalhadores/as do RN e do Brasil”, declarou.

Na Assembleia Legislativa (AL), Mineiro votou contra todos os projetos que prejudicavam os/as trabalhadores/as, como o que aumentava a contribuição previdenciária dos/as servidores/as e congelava os investimentos sociais no RN.

A intervenção de Mineiro foi fundamental para aprovar matérias como os projetos de reestruturação da Fundac, do plano de cargos do Detran e da regulamentação do auxílio-saúde da UERN. Ele também trabalhou pela aprovação do estatuto dos/as servidores/as do ITEP, apoiou a luta dos/as trabalhadores/as da Segurança Pública e denunciou a tentativa de privatização da CAERN.

Além das ações no plano estadual, Mineiro apoiou a luta contra os ataques golpistas aos direitos dos/as trabalhadores/as: lei da terceirização irrestrita, as reformas trabalhista e previdenciária e a emenda constitucional que congela por duas décadas os investimentos públicos em saúde, educação e segurança.

É o compromisso histórico com as bandeiras da classe trabalhadora que credenciou Mineiro, ao longo dos anos, a ser um legítimo representante dos/ servidores/as do RN.

Fotos: Vlademir Alexandre I Arte: Lucas Albino.