Nem bem passaram as eleições municipais e a Natal real já veio à tona novamente. Nesta terça (25), o prefeito Carlos Eduardo (PDT) anunciou medidas de equilíbrio fiscal para o Município. Mineiro comentou o anúncio na sessão desta quarta-feira (26), na Assembleia Legislativa, e questionou por que as ações não foram anunciadas no processo eleitoral, que priorizou a Natal maquiada e seria o momento oportuno para debater as questões relacionadas à sociedade.

“Na campanha, afirmei que era necessário debater, conhecer a situação da Prefeitura, que a sociedade precisava saber da realidade”, disse o deputado e também ex-candidato a prefeito. “Carlos Eduardo sequer aparecia nos debates e não expunha a situação real da prefeitura”, completou. Mineiro também citou o problema no atraso do pagamentos a servidores e fornecedores.

Para Mineiro, existia uma “maquiagem eletrônica” da cidade. “A Natal real é outra, inclusive no tocante às finanças públicas”, disse. “Não vou nem entrar no mérito das medidas anunciadas, mas elas negam o que foi dito na campanha: que estava tudo bem”. Segundo o parlamentar, a sociedade deve julgar se houve ou não “estelionato eleitoral” e acompanhar as medidas.