O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) classificou como “inacreditável” e “escandalosa” a situação do Hospital Giselda Trigueiro, que não recebe novos pacientes desde segunda-feira (5), por falta de serviços de higienização. Na sessão plenária desta quarta-feira (7), o parlamentar fez apelo ao Governo do Estado para que resolva a situação imediatamente.

Mineiro destacou a importância do hospital para a saúde do Estado, por ser o maior, referência em doenças infecto-contagiosas. Em nota divulgada na segunda, a Direção da unidade afirmou que o contrato da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) com a empresa responsável pela higienização foi suspenso há seis meses. Eram cerca de 20 profissionais terceirizados e hoje, apenas três ou quatro funcionários fazem o serviço.

“Vemos uma crise permanente da área da saúde no Estado, que explode de forma concreta a cada dia”, criticou o deputado. “A situação do Giselda é de absoluto caos, é um escândalo”, disse. “Principalmente por se tratar de um hospital que trata doenças infecto-contagiosas e está sem a devida higienização”.

O parlamentar disse ter certeza de que problema não diz respeito somente à Sesap. “Quero crer que nenhum gestor da Saúde deixaria chegar a esse ponto”, afirmou. “Creio que situação diz respeito a outros setores do Governo, e espero que o governador determine a resolução de imediato desse problema”, completou. “Quero aqui prestar minha solidariedade à Direção e aos profissionais que têm mantido esse hospital funcionando”.

Foto: João Gilberto/ALRN